ENCONTRE PALAVRAS DE LUZ!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

URIEL INAUGURANDO O FOGO DO AMOR!

Eu sou o Arcanjo Uriel.

Bem Amados Filhos da Lei de Um, que o Fogo do Amor Inunda seu Coração.

Venho, por Minha Presença em sua Presença, Neste Espaço e Neste Tempo, Através de Palavras e Através da Vibração, Expressar e Manifestar, em Sua Presença a você mesmo, o que é a Vibração do Verbo e o Fogo do Amor.

Eu Sou o Arcanjo que Termina o Ciclo.


Eu sou o Arcanjo que Permite a Passagem.


Eu Sou Aquele que Desvenda o Novo Evangelho.
Eu Sou em você, Presença, Presença para além do Limitado.

Eu Sou o Arcanjo que Governa e Estabelece a Passagem e a Reversão, Assentando no Mundo, como em sua Presença.

Eu Sou a Sílaba Sagrada IS, Remetendo à Vibração IS-IS, Criação, Sopro e Fogo.

Eu Abro a Boca, Para que o Verbo se Ilumine.

Eu Abro a Boca, Para que o Fogo se Manifeste, o Fogo do Sopro, Fogo do Verbo, Fogo do Espírito, Criação na Presença,.

Passagem do Limitado ao Ilimitado, Acompanhando-se da Passagem da Palavra ao Verbo.

 Realizando a Frase «Bereschit Bara Elohim ET Hashamayim Ve'et Ha'arets»,

Traduzida Pelo Bem Amado João Como Espírito da Fonte, Pai/Mãe/Um, que Flutua e se Mira, Refletindo-se Sobre as Águas.

 Águas do Mistério IM, Ligado à Reversão, Passagem do Mistério à Manifestação, pela Potência do Verbo.

Vibração de Fogo e do Ar, Permitindo que o Verbo Expresse o Coração e não a Cabeça.

Pela Graça de Dois dos Quatro Viventes, Hayoth Ha Kodesh do Fogo e do Ar, Presentes em sua Respiração e em sua Presença pelo Ar e o Fogo, Existente.

 Preparando-se para Ser e Viver na Vibração da Unidade, na Vibração do Um, no Verbo que Unifica, do Bálsamo do Espírito que Consome o que é o Um.

Pela Minha Presença em sua Presença, Eu Vivifico, pelo Sopro Respiração, o Despertar e a Abertura da Boca, Permitindo a Absorção dentro do que você São, Aqui da Luz,.

Realizando Assim o Juramento da Fonte de Desvendá-lo e Revelá-lo a você Mesmo, Fazendo-o Retornar à Unidade e à Existência, Separando o que é Verdadeiro do que é Falso, no Absoluto e na Totalidade.

Eu Sou Presença, Fazendo-os Viver, pelo Fogo e o Sopro, o «Eu Sou Aquele que Eu Sou», «Ehie Asher Ehie», Estabelecida pelo Senhor Metatron, Permitindo, no Conclave, Estabelecerem-se na Vibração do Coração.

Fogo de sua Presença a você mesmo, pela Graça do Verbo, pela Graça do Um. Mistério Desvendado. Unidade. Vibração.

Alegria da Eternidade Reencontrada, Manifestada e Vibrada. Sublimação. Eterização. Transformação. Presença.

Retornar-se em Si, Entrar em Si, Sair da Ilusão.
Passagem. Liberdade e Liberação. Transformação.

O Verbo é Vibração, ao Centro. O Centro é Coração, Imóvel e Movimento, ao Mesmo Tempo, Perfurando as Dimensões, Atravessando o Mundo, os Universo, Filho do Um e UM você Mesmo, por Sua Presença Revelada. Coroação.


Consumação da Divisão. A Unidade é Vibração. Presença na Unidade. Fim da Separação. Glória da Coroação.


Eu Sou Uriel. Em Minha Presença, Eu Sou em você, pelo Verbo e Pela Vibração, na Coroa, Roda na Roda. Passagem da Cruz. Retorno do Único Enviado. Filho do Um.

Conjunção e Reunião, pela Vibração do Verbo e do Fogo, Animado na Respiração. Eternidade. Presença.

Instante Eterno em que Tudo é Claro, em que Tudo se Torna Visão, Desvendamento da Existência.

Passagem, pela Presença da Vibração do Fogo, do Coração à Existência.

Eternidade Vivente, Redescoberta e Festejada, em você e em nós, pelo milagre do Um.

Vibrar e Viver. Não mais Existir, Ser, pela Graça da Presença, pela Graça do Um.

Alquimia do Fogo, Alquimia do Ar, Manifestada pela Graça da Água e da Terra.

Vibração. Som e Música do Um. Som e Música do Coração, Verbo. Alquimia Criadora do Verbo. Presença no Uníssono.

Nós, Arcanjos, e vocês, Seres em Evolução, Apenas Estamos Separados pelo Véu da Ilusão.

Nossa Presença Radiante de Fogo Aproxima-se de seu Templo, seu Templo que se Abre a Ki-Ris-Ti.

Vibração do Éter. Unidade. Potência do Um, Criada no AL-IM ou EL-O-IM.

Ressonância da Filiação. Filiação à Luz e à Unidade.
Filiação à Verdade, para Além da Máscara, Bem além da Ilusão, Centrados na Verdade.

Abrir a Boca, Passagem à Unidade, sua Unidade.
Vibração que Unifica. Revelação da Fonte.

Filhos da Fonte e Fontes da Fonte. Sementes de Eternidade, de Estrelas. Presença e Vibração. Presença no Fogo, Fogo Esculpindo e Forjando, Revelando ao mesmo Tempo a Perfeição de seus Seres.

Presença. Unidade. Verdade. Fogo do Coração.

As Novas Fundações são Colocadas. Um Impulso Novo se Abre.

Pela Presença, Revela-se sua Natureza Ígnea: Ser de Fogo, na Carruagem de Fogo. Vibração.

Luz Una, Indestrutível e Indivisível, não Separada, Unificada e Unificante.

Presença, Desperta o Espírito quem é você, Nós e Vocês.
Fogo que Suprime a Ilusão da Separação, Fogo que Unifica no Templo do Coração, Coroação, Presença Ki-Ris-Ti.

Bem amados Filhos, Nascidos e Recriados, na Eternidade, pelo Fogo, pelo Amor, pela Verdade Incluída na Luz. Vibração.

Juntos, em Breve Unificados, em Breve Revelados.

Preparação no silêncio Exterior e a Música da Glória Interior. Reversão. Verbo.

Compreender, pela Ressonância da Vibração, não pela Imagem, pelo Espelho ou pelo Reflexo.

Compreender pela Vibração de Fogo, que Unifica e que Suprime Distância, Tempo.

Fusão, no Um, para o Um e pelo Um.

Instante único. Promessa do Retorno.

Acender as Estrelas da Unidade, Acender as Lâmpadas da Liberdade.

Esquecer e Transcender o Medo e a Ilusão.

Viver Enfim Unificados, Reunificados Reunidos. Presença.

Eu Sou o Arcanjo Uriel. Vibremos, Presença a Presença, Unidade a Unidade, Filhos e Fios da Fonte.

... Efusão de Energia ...

De minha Presença a sua Presença, um Fio de Luz, um Fio de Liberdade.

Vibração. Verbo.

No Fogo do Amor, Abracemo-nos.

Eu Sou o Arcanjo Uriel.

Que a Vibração de meu Sopro e de minha Mensagem seja o seu, na Liberdade e na Paz.

Até breve.



ELES ESTÃO AQUI!

Adhamantinos Pronuncia-se Adamantinos ..

 São seres de um Sistema Cristalino Localizado Em Outro Universo. Entraram nesse Universo através de um Portal Interestelar localizado na Galáxia de Andrômeda.

São Seres muito Amorosos e Carregam a Energia Rosa do Amor Universal e Primordial da Fonte Criadora dos Multiversos.

Chegaram a Esse Sistema a Chamado da Força Conhecida como Plêiades 1 e dos Seres Magnéticos do Universo Magnético Chamado Vitrol-X e Quadril 5 -

A Força Magnética do Universo de Onde vieram Seres Conhecidos como Zero i (0i) e IUD-IL também são os Atratores desses Seres Cristalinos a esse Quadrante.

Eles são seres Puramente com Aparência de Cristal. Quem olha para eles os vê, realmente, como Cristais "andantes".

Têm a Cabeça Triangular como se fosse uma Pirâmide Invertida, de Cabeça para Baixo, Corpos Magros, Medem, em Média, dois metros e vinte centímetros de altura.

No Centro das suas Cabeças, ou melhor, na altura do terceiro olho, eles têm uma Forma Geométrica de Luz, que mais Parece uma Estrela. Na Verdade, Parecem duas Estrelas, cada uma de Cinco (5) Pontas, sendo que Elas se Sobrepõem.

São de Energia Rosa Brilhante. No Centro do seus Peitos, vê-se também seus Corações, que mais Parecem dois Sois Rosas. Pelo fato de Serem Seres de Cristal Transparente, Pode-se vê-los Claramente.

Algumas pessoas podem perguntar: "E os outros órgãos?", Claro, não vejo órgãos. Eles são de Cristal Transparente, mas Pura Energia. Apenas no Centro do Peito, têm uma Luz que Parece um Coração, um Sol Rosa Pulsante e Brilhante.

As demais Partes do Corpo, apenas Energia Brilhante, como se Todo o "Interior" do Corpo Fosse de Energia Cristalina, Entre o Branco e o Azul Cristalino Suave.

Chegaram ao Sistema Terrano para Ajudarem no Processo de Purificação, Especialmente, dos Chacras Cardíacos Masculinos Danificados ao longo das Eras, assim como os Chacras Femininos, Especialmente, o Básico das Mulheres.

Vieram para ajudar no Desbloqueio e Equilíbrio desses Chacras. Eles Formaram uma Grade Cristalina Rosada em todo Planeta, para ajudar nesse Trabalho de Purificação dos Chacras Danificados de Todos os Seres da Terra.

O seu Último Contato Direto com os Terráqueos  foi no Período da Segunda Grande Guerra, Quando Tentaram Contatar Aquele Conhecido como Hitler, e Ajudá-lo a Transformar o seu Chacra Cardíaco, a Fim de Evitar o que todos já sabem... o que, Infelizmente, eles não tiveram Abertura suficiente Daquele ser para fazer isso.

Agora voltam com toda força num exército de cerca de, acreditem, 300 (trezentos) bilhões de Consciências Cristalinas para Formar, não somente no Plano Terreno, mas também em Toda Galáxia, a Grade Rosa do Amor Universal, para Envolver todos os Seres dessa Galáxia.

Eles são seres da 15ª Dimensão e são Extremamente respeitados em todos os Universos Conhecidos. Eles solicitaram às Forças Celestes Responsáveis por Esse Quadrante.

 Permissão para, por um Período, dar Tonalidade Rosada ao Sol Local, a Fim de Usarem-no como Retransmissor das suas Energias.

Aqueles mais Sensíveis Poderão Perceber essas Energias no Sol, quando eles Estiverem Completamente Ancorados neste Universo. É uma Força extremamente Amorosa, e não há nenhuma Barreira que os Impeça de Agir.



Para Meditar e se Encontrar!


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

ARCONTES EM AÇÃO

São lugares onde o campo magnético da Terra se conecta ao campo magnético do Sol, criando um caminho ininterrupto que conduz De nosso próprio planeta para a atmosfera do Sol a 93 milhões de milhas de distância ". Por mais improvável que isso possa parecer, tudo se baseia na ciência real. Esses "pontos X", como eram chamados, são aberturas no espaço e no tempo que conectam todos os corpos cósmicos com um campo magnético. Eles provavelmente foram chamados de X-pontos em vez de buracos de minhoca para não chamar muita atenção para eles. No momento a NASA e outras agências espaciais estão lutando para descobrir uma maneira de enviar objetos materiais através desses portais, como só as partículas energéticas são conhecidas fazendo isso antes . A nova missão Magnetosférica Multiscale (MMS) irá retornar imagens de alta resolução desses pontos anômalos.




Com Medo do Apocalipse Super Ricos Correm para Comprar Abrigos Para o Fim do Mundo



GEMA ONDAS GALÁTICAS!

Que a Luz Vibração do Único Esteja com Vocês.


Eu Sou Aquela que Foi Chamada Gema Galgani. Além Disso, Eu Sou Unidade. Unidade Vibratória e Unidade Absoluta. Eu Acompanho, Hoje, Pela Minha Presença e Minha Vibração, a Presença do Arcanjo Uriel.


A Unidade é Essa Luz Branca, Fosforescente e Brilhante.
Eu Sou, Também, o Contentamento. Permita-me Aportar-lhe Bênção e Vibração.


Permita-me, em sua Estrutura, sua Alma e seu Espírito, Vibrar, em Uníssono, Com Seu Ser. Permita, Pela Graça que me Fez vir até Você, Estabelecer-me, Com você, Em Comunhão.

... Efusão Vibratória ...

Unidade. Você e Eu, Filho do Único.  Juntos.

... Efusão Vibratória ...

Que a Alegria da Unidade Seja sua Alegria.


Vibração e Consciência.


Consciência e Vibração.

Luz.  Vibração.

Luz Una.

Luz Vibracional, sem Mancha e sem Sombra, Imaculada.


... Efusão Vibratória ...

Se vocês me Acolhe, Como Eu os Acolho, Juntos, Um e Unido, na Liberdade da Graça, no Instante Presente, além do Tempo: Vibração União.


... Efusão Vibratória ...

Unidade e Pacificação.


Unidade, Alegria e Graça.

Unidade.  Vibração.  Agora.


... Efusão Vibratória ...

Luz Verdadeira e Autêntica Porque Alegria, Porque Vibração.  Unidade e Alegria, na Totalidade.  Aquela de um Coração Radiante de Beleza, de Bondade e de Verdade.

Calor e Fogo que não Consome.  Calor e Fogo.  Verdade.


... Efusão Vibratória ...

Na Presença e Vibração de Uriel, Também, Agora, no Instante, Fora do Tempo: Presença, Unidade e Presença.
Roda na Roda.


... Efusão Vibratória ...

Silêncio e Plenitude.  Unidade e Presença.


... Efusão Vibratória ...

Revelação de Presença e Unidade.  Tornar-se o Um e o Todo.


... Efusão Vibratória ...

Vibração de Fogo . Vibração de Alegria.


... Efusão Vibratória ...

Presença na Unidade. Unidade na Presença.  Agora.


... Efusão Vibratória ...

Irmãs e Irmãos, Unidos na Humanidade e em Vibração, Presentes a si Mesmo e Presente ao Um.  Bênção e Graça, em você.

... Efusão Vibratória ...

Graça de Minha Luz. Presença da Graça, a Sua, a Nossa, Aquela do Um.

... Efusão Vibratória ...

Gratidão do Arcanjo Uriel e de Minha Parte.  Amizade e Amor.  E Vibração.

Quando Falo de Ondas Galáticas Gigantesco Buraco Coronal se Forma na Atmosfera do Sol Um Enorme Buraco se Formou na Coroa do Sol nos últimos Dias, o que Permite que o Vento Solar Escape da Estrela com muito mais Intensidade.

Bem, sim, e temos que fazer isso Agora. Com… Nosso Sistema Solar está Entrando em uma Parte Altamente Carregada e Energética da Galáxia e Estamos Experimentando Alta Energia Agora que está Afetando a Psique das Pessoas ao Nosso Redor. É obvio.


... Efusão Vibratória ...

Até Breve, em suas Estrelas.  Até Breve e até Sempre, em Unidade e em Presença.


... Efusão Vibratória...

IRMÃO K REVELAÇÃO DA LUZ!


Vamos Hoje Continuar a Revelação da Luz Irmão K.

Meu Irmão,  O Desconhecido o Que você Percebe ao Nível Vibracional  na Vibração das Estrelas, Por Exemplo, na Ativação de alguns Potenciais Ligados aos Chacras Essenciais Chamados, Nesse Caso, Coroas Radiantes.

Quer Seja ao Nível do Sacrum, do Kundalini Chamado o Canal do Éter, Quer Seja ao Nível do Coração ou da Cabeça, dá-lhe um Pequeno Vislumbre do que é o Desconhecido.

É a penetração do Desconhecido no Conhecido que, justamente, permite Fazer a ponte, e é uma Ponte que se Chama o Antakarana, que Permite, Portanto, Religar e Reunificar o Espírito.

Assim, Portanto, Sem Conhecer a Existência, há, para o Ser Humano e já desde Extremamente Longo Tempo, bem Antes desse Período de Trinta Anos, a Possibilidade de Penetrar Estado de Felicidade Total, Chamada Sat Chit Ananda, Como o Descreveram Numerosos Seres que Atingiram Esse Estado.

Assim, o Estado Atingido, mesmo nesse Corpo Egoico Presente nesse Mundo, Permite Dissolver, Inteiramente, o Ego, e coloca-lo ao Serviço do Próprio Espírito, se o Espírito Possa ser Vivido Inteiramente.


Isso Muda, Devido Mesmo ao Desaparecimento da Matriz Astral Coletivo, à Dissolução da Ilusão, Programada desde Muito Tempo e Realizando-se Desde Trinta Anos, como Eu disse e, Sobretudo, Desde os Casamentos Celestes.

Assim, portanto, o Desconhecido é-lhe Conhecido Através, Simplesmente, da Luz Vibracional, que vem Modificar se você a Aceita seu Comportamentos Mesmo Procedente de seu Próprio Ego, de sua Própria Pessoa, Fazendo como Foi Dito Com que o Conjunto do que Pertence a Esse Corpo Egoico.

 Ou Seja, o Corpo de Desejo e o Conjunto de Desejos Desapareça, Progressivamente, de seu Campo de Consciência e de seu Campo de Interesse.

Enquanto Existe um Desejo, qualquer que Seja quer o Espirito seja de Reconhecimento como Pessoa, quer o Espirito seja de Continuar como Pessoa,.

Enquanto Existe um Desejo de Reconhecimento Como Ser Espiritual na Matriz, você não Pode Tocar, Inteiramente, o Desconhecido Porque, Naquele Momento, o Ego Apropria-se da Luz.

O melhor modo de Liberar-se dessas Armadilhas, Inteiramente, será Realizado pela Revelação da Luz.
Mas, agora e já, alguns de você Tiveram Acesso, ou à Existência, ou às Manifestações Diretamente Religado às Novas Funções Espirituais,.

Chamadas os Novos Corpos que são apenas uma das Partes da Revelação da Luz Vibracional, Permitindo-lhes, no Momento Vindo, dar um Passo Decisivo e Irreversível, para Ir ao Desconhecido, Inteiramente.

A Problemática Principal do Ego é que ele Tenta, Sempre, Apropriar-se do que é Vivido na Consciência Unitária Para fazê-lo Dele o Espirito. É Preciso Estar Lúcido e Perfeitamente Consciente de Que o Fogo do Ego não Será, Jamais, o Fogo do Coração.

O Fogo do Ego é um Fogo que Vai Reivindicar: Eu, Eu, Eu Sou Isso, Eu faço Aquilo, Enquanto o Fogo do Coração Sabe, Pertinentemente, que o Espirito Nada Faz. Enquanto Existe a Mínima Reivindicação, Mesmo da Luz, há, é Claro, Persistência do Ego.



Meu Irmão, Eu Posso Responder-lhe o Seguinte: Aquele que vive, ainda que Apenas de Modo Fragmentário, a Dissolução da Ilusão e do Ego, não Pode Colocar-se a Questão da Ilusão do que é Vivido.Somente o Ego vai Fazê-lo crer que era uma Ilusão.

Aquele que se Instala, de Maneira Mais ou Menos Constante, em sua Unidade, não Pode, em Caso algum, ser Vítima de Qualquer Ilusão Porque, Naquele Momento, os Fatores do Ego nesse Mundo tendem a apagar-se diante da majestade da Unidade.

Assim, Portanto, não Pode Haver Qualquer Dúvida sobre o que é Vivido no Fogo do Coração.

Quem Questiona será Sempre o Ego, mas o Ego, nesse Caso, Apaga-se e Apagar-se-á, cada vez mais, Diante do Ilimitado.

Assim, Portanto, Enquanto você se Fica Pensando Querendo Entender, ou, Enquanto você se Faz a Pergunta da Realidade do que foi Vivido, isso Traduz, Simplesmente, ainda, no Momento, a Superioridade do Ego.

 Porque é o Ego que Duvida, e Jamais a Unidade. Compreenda, Efetivamente, que não há oposição ainda que isso possa aparecer-lhe assim, e é Normal, Quando a Consciência Situa-se na Limitação.

Essa Oposição Aparente Entre o que é Limitado, Conhecido, e o Ilimitado, Desconhecido, é Apenas uma Aparência Muito Relativa que tem, Justamente, o Confinamento no Ego.

A Partir do Instante em que o Coração, de uma Maneira ou de Outra, Penetra no Fogo do Coração, o Fogo do Ego Desaparece Porque, aí, é um Vaso Comunicante. Essa Passagem do Ego ao Coração Corresponde à Porta Estreita da Crucificação e da Ressurreição, num Segundo Tempo.

Há, é Claro, no Momento da Passagem em Si Mesmo, uma Dúvida Final Ilustrada, também, de Maneira Simbólica, Pelo Cristo na Cruz. É o Momento em que é Preciso Abandonar-se, Inteiramente, à Luz.


É o Momento em que a Própria Consciência vai Compreender que ela não tem Papel algum em Relação à Luz, a não Ser Tornar-se essa Luz, e Tornar-se a Luz Apenas é Possível se há Parada de Tudo o que é da Ordem Emocional, Mental, de Apego, de Crença, sem Exceção, ao Mesmo Tempo Mantendo, de Momento, esse Corpo Aqui.

Existem Testemunhos desse Acesso ao Ilimitado ou ao Desconhecido. Eles são Testemunhos Indiretos, mas, Entretanto, a Prova formal do que é Vivido. São as Doze Estrelas, Antes de Tudo. São as Coroas Radiantes: Aquela da Cabeça, Aquela do Coração e Aquela do Sacrum.


É o Único meio que Existe, Eu Diria, Racionalmente, de Saber que você vive essa Transformação. Todo o Resto é apenas Ilusão. A Reminiscência de suas Vidas Passadas, o Acesso às suas vidas Passadas.

 A Reivindicação de um Papel nesse Mundo, como Líder ou Como ser Desperto, é uma Armadilha Importante do Ego Porque, Como Havia dito, é sendo nada aqui, Absolutamente nada, que você é Tudo em Outro Lugar.

Mas, se vocês são algo Aqui, como Pode ser algo e tudo em outro lugar? É impossível.Em Outros Termos e Espero que Essas Algumas Palavras Falem a Você, Enquanto Você Crê Possuir a Luz, é o Ego que o Possui.


A Luz os Possuirá e os Liberará, a Partir do Instante em que você nada mais for Aqui. Em Outras Palavras e em sua Terminologia Ocidental, isso se Chama a humildade e a simplicidade. Isso não é uma vã palavra. Não é um vão Conceito, mas é a Estrita Verdade.

Compreendam, Efetivamente, também, que, Quando eu Falo do Corpo de Desejo, o Conjunto de Desejos não deve ser Contrariado Porque, se Você se Opõem aos Seus Próprios Desejos, você o Reforçará, Inevitavelmente.


Mas os Desejos são, Realmente, Transmutados. Não Por sua Vontade, mas pela Própria Luz, que Põe Fim a todos os Desejos Ilusórios, sem Exceção, em Graus Diversos para Cada Um, em Função de sua Progressão para o Desconhecido.


Procurar a Causa não Quer dizer Encontrar uma Explicação. A Ignição ou a Ativação do que é Chamado o Fogo do Coração Corresponde, em Verdade, à Ativação Conjunta do que você Chama o 8º e o 9º Corpos Ponto OD e Ponto ER, Traduzindo-se Pela Ignição da Coroa Radiante do Coração, Passando-se como já lhe foi Detalhado em sete Etapas.

A Primeira Etapa não é, Necessariamente, na Alegria.
Ela Corresponde às Primícias dessa Abertura e Traduz-se, Frequentemente, por Percepções de Compressão e de Dores que Ocorrem na Região do Coração ou em Torno da Região do Coração ou Acima. O Ego está ainda Presente naquele Momento.

A Porta Estreita, a Passagem Real, Total e Definitiva, do Ego ao Coração faz-se quando o Ego é Dissolvido.
É naquele Momento que a Alegria Pode Instalar-se de Maneira Definitiva. Quando eu digo definitiva, isso não quer dizer que será Permanente.

Alguns Seres Foram Capazes de Manifestar essa Permanência Durante Tempo muito Longo. O melhor Exemplo que Daria é a Vida de Ma Ananda Moyi.


Mas alguns Seres Manifestaram esse Estado de Alegria em alguns Determinados Momentos da Vida, ao mesmo Tempo podendo Manifestar, Também, Cóleras, quando eles voltavam a Descer à Personalidade, Porque a Porta Estreita não Estava ainda Fechada.


Ela estava Entreaberta, Permitindo Passar do Ego ao Coração e do Coração ao Ego.

É Essa Porta que, Quando da Revelação da Luz, vai Voltar a Fechar Inteiramente, Traduzindo, Portanto, a Separação Final da Consciência, Entre Aqueles que Vivem a Consciência do Desconhecido e ai Penetram em Plena Consciência e em Plena Lucidez e Aqueles que Continuarão na Consciência Limitada, Contudo, Deixando o Mundo da Separação e da Ilusão.

Assim, para responder de outra maneira a essa questão, se existe uma percepção, mesmo nas primeiras etapas, do Fogo do Coração, e se a Alegria não está presente, é que o ego está em luta contra o Coração.

A Esfera da Unidade, Vivida no Samadhi, na Consciência Unificada Estado de Turiya, Sat Chit Ananda Propicia uma Espécie de Distanciamento e não uma Indiferença a Todos os Jogos Existentes na Matriz.

 Porque Vocês não Estão mais Identificados à sua Pessoa, vocês não Estão mais Identificados a um Papel, você não Estão mais identificados a uma Função, nem a qualquer Ilusão Presente nesse Mundo, e isso Propicia um Estado de Alegria. A Alegria é a própria Essência do Espírito.
O Medo é a Própria Essência do Ego.



Abandonar-se à Luz. Não há outra Possibilidade. Enquanto você não se da à Luz, você não pode Penetrar o Espírito. Enquanto vocês mantêm uma ilusão de pessoa, através mesmo de Sofrimentos Passados, Realmente Vividos, vocês estão no Passado, vocês estão no Aqui e Agora. Se vocês Estivessem Inteiramente no Aqui e Agora, seu Coração Estaria Saturado de Alegria, do mesmo Modo que Ma Ananda Moyi ou outros.

Assim, portanto, nada há a fazer, porque o fazer situar-se-á, sempre, ao nível do ego. Agora, cada vez mais, há apenas a Ser. E Ser Encontra-se apenas no Espírito, no Aqui e Agora, não por Constrangimento do Ego, mas pelo Abandono do Ego em Proveito da Luz. Isso é muito complexo, o que eu digo, para perceber pelo ego porque, justamente, é o ego que escuta.

Mas aquele que vive, ainda que apenas em parte, o Ilimitado, Compreenderá facilmente, uma vez que ele vive o que eu digo. A Alegria apenas pode existir quando o medo está ausente. Todo medo, qualquer que seja, é um condicionamento do ego e, portanto, um não Abandono à Luz.

Enquanto vocês creem que dirigem, dominam, controlam a Luz, vocês não são a Luz, uma vez que, obviamente, vocês estão na distância em relação ao que vocês consideram como exterior.

Vocês permanece no conhecido e, portanto, na limitação e, portanto, no sofrimento e, portanto, no medo.
Em outros termos, o medo ligado ao ego gostaria de desaparecer, incorporando a Luz no medo ou nas Sombras. Isso é impossível.

A Luz deve tomar todo o lugar, expulsando todas as partes reptilianas de seu cérebro. Quem não consegue, se não é o ego? E o ego não conseguirá, jamais.

O Abandono à Luz não é uma vontade. Não é um fazer, tampouco. Não é um trabalho em suas próprias Sombras, ainda que a Luz Ilumine as Sombras. É a Aceitação, Pura e Simples, da Luz.

Há, simplesmente, sofrimento e afastamento da Luz pela adesão ao que você é, em verdade ou, em todo caso, ao que você crê ser em verdade, ou seja, esse corpo, essa presença nesse corpo que é, de fato, apenas uma projeção de seu próprio Espírito na Ilusão na qual você foi preso.

É preciso, já, aceitar esse conceito. A partir do instante em que você aceita, inteiramente, esse conceito, você já toma certa forma de distância em relação ao que é chamada sua própria personalidade.

Essa tomada de distância em relação à personalidade é já uma primeira etapa para a crucificação da personalidade, que não vai desaparecer.

A Passagem ao Coração faz, simplesmente, com que aquele que conduz o veículo não é mais a personalidade, mas o Espírito. Mas o ego gostaria de apropriar-se do Espírito. É, aliás, por isso que ele criou regras do Espírito nesse mundo, chamado livre arbítrio, que absolutamente não existe na Graça.

.

O Desconhecido libera-o, Inteiramente, do jogo do ego, e isso você não pode ignorar, quando o vive, porque é uma Mudança Radical de Percepção, de Concepções, mas, é claro, Antes de tudo, de Consciência.

Tudo o que é vivido na matriz pode aproximá-los, pela Luz Vibracional, desse Estado de que falo. Mas não pode ser Referenciado como Experiência pertencente a esse Mundo. Vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo.

O Reino dos Céus é inexistente sobre a Terra, dado que esta Terra é uma Projeção que foi Privada do Espírito.
Portanto, vocês não podem Pretender Encontrar o Espírito, Inteiramente, nesse Mundo, mas, sobre esse Mundo. Nesse sentido, a Luz Vibracional vem liberá-lo.



Se Excluídas minhas palavras concernentes à Consciência Pura, o Conjunto do Yoga da Unidade, da Verdade que lhes foi Comunicado por Um Amigo e o Conjunto dos Casamentos Celestes, Concorrem, de maneira Formal, a fazê-lo Fazer esse Caminho,.

E Cada um ao seu Ritmo, mas, Apreendam, Efetivamente, que o que Chega Agora é a Revelação da Luz e que a Revelação da Luz em si mesma vai fazer-se na Totalidade, para todo ser Vivo, quer Ele queira ou não, quer Ele Aceite ou Não.


Portanto, não há Preocupação a ter-se para o Desaparecimento do Mental. Simplesmente, as Circunstâncias do Desaparecimento dele serão Profundamente Diferentes, Segundo sua Capacidade para dele Extrair-se ou para Manter o que Eu Chamei o Fogo do Ego ou os Jogos do Ego.

Progressivamente e à Medida que você Penetrar a Luz Vibracional, ou, Antes, mais Exatamente, Progressivamente e à Medida que a Luz Vibracional Penetra-o, sua Consciência vive Acessos Temporário a Estado de Samadhi. É nesse Estado de Samadhi que você toma Consciência da Verdade da Assertiva de que esse Mundo é Ilusão, não Antes.


Se não, é Apenas uma Crença, aí também, Mental. Você pode viver apenas a Experiência da Ilusão e a Experiência do Desconhecido, e isso não é função de um fazer do ego, bem ao contrário.

É nesse Sentido que a Luz Vibracional tem por Vocação Primeira, Quando de suas Primeiras Revelações Anterior à Revelação da Luz Agora, de Levá-lo a viver a Proximidade Dessa Passagem que é, de algum modo, a Última Porta.

É o lugar em que vocês se Despojam de todas as suas Ilusões, de todas as suas Pretensões, Inteiramente. De algum modo, você se despoja de si mesmo. Vocês aceita, ou não, nada mais ser, para Poder ser Tudo.


Caríssimas Irmãs e Caríssimos Irmãos, eu lhe Transmito toda a Graça que é Possível Transmitir-lhes Através do Corpo onde Estou.

Eu lhes Digo até muito em Breve para Prosseguir, de Maneira, eu Espero, mais Explícita, as Diferentes Passagens que se Produzem Quando dessa Última Passagem do Conhecido ao Desconhecido, da Revelação da Consciência Ilimitada, Sat Chit Ananda.

Saudações e Bênçãos.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

IRMÃO K DESCONHECIDO!

Caríssimas Irmãs e Irmãos Chame-me, se Quiser, Irmão K.Há Algumas semanas eu lhe dei Certo Número de Elementos Concernentes a Certo Número de Eventos, Digamos, que Devem Produzir-se na Próxima Semana .

Eu lhe Dizia, Naquele Momento, que Conceber a Autonomia e a Liberdade Era algo Necessário Antecipar Ainda que Simplesmente Colocando-se as Questões para além da Simples Interrogação Mental, Concernente ao Sentido de sua Vida, da Vida, do que você é, do que você faz.

Hoje Eu Posso, Enfim, Dizer-lhes que Chegou o tempo de Conceber Essa Liberdade e Essa Autonomia. Essa Liberdade e Essa Autonomia que lhe São Prometidas Implicam Certo Número de Condições.

Eu me Exprimirei, se Efetivamente Quiserem, sob o Ângulo Exclusivo da Consciência, Para além de Qualquer Consideração Concernente à Própria Revelação da Luz que Está Para vir Nessa Dimensão e Mesmo em Sua Consciência, Cujas Modalidades ser-lhe-ão Definidas nos Dias que Vêm.

Eu Atraio, Simplesmente, sua Atenção a Certo Número de Elementos que Devem Conduzi-los a Interrogarem-se.
Essa Interrogação não é de Natureza Estritamente Mental, Mas, bem mais, Releva Diretamente da Atenção e da Intenção da Consciência.

 Quanto à sua Posição, sua Localização e, Sobretudo, o que Eu Chamaria, de Algum Modo, sua Evolução nos Tempos que se Instalam Doravante.

A Autonomia e a Liberdade são-lhe Profundamente Desconhecido no que você vive Quando está Encarnado.
É Necessário, Por isso, Desembaraçar-se, de algum Modo, de Tudo o que é Conhecido.

 Porque nada do que lhe é Conhecido Seja desse Lado do Véu, Estando Encarnado ou, Também, Estando Desencarnado, Pode ser Acessível.

De Fato, o Conhecido Concerne ao Conjunto do Campo de Percepções de sua Própria Consciência, ao Conjunto de suas Concepções, ao Conjunto de suas Percepções, Aplicando-se a Essa Terceira Dimensão.

 E Exclusivamente a Nessa Velha Dimensão e Isso Vale, Também, a Partir do Instante em que você Deixa esse Corpo e Penetra o que é Convindo Chamar, Classicamente, do Ir Além.

Esse Além não é, Tampouco, a Liberdade e a Autonomia, uma vez que, como Sabem, Cada Ser Humano Encarna-se e Reencarna-se Esperando Pacificar, Purificar e Depurar o que Você Chama um Elemento Cármico que, quase sempre, não Pode Realizar-se. Isto é Pagar.

Assim, Portanto, a Autonomia e a Liberdade Não se Encontra nesse Mundo, Seja desse Lado do Véu Como do Outro Lado do Véu, Chamado a Morte.

Em Minha Vida, Eu Frequentemente Falei Desse Conhecido, do Modo de Liberar-se Dele que Era, Já, uma Interrogação da Consciência Pura.

Obviamente, Enquanto a Consciência Pura não Pode Aceder ao que Está além do Conhecido, é Muito Difícil, para Alma, em sua Limitação e em sua Fragmentação, Perceber ou Aderir ao que é, é Claro, Desconhecido.

As Circunstâncias da Humanidade, há Trinta Anos, são Profundamente Diferentes e, Sobretudo, Desde Algum Tempo, Porque lhe foi Dado a Perceber Através do que são Chamadas Vibrações.

O que Meu Colega Sri Aurobindo Chamava, em sua Vida, o Supra Mental o que Está Além do Conhecido, Além do Hábito, Além das Limitações.

Assim, Portanto, as Vibrações, as Percepções que Pode Sentir sua Consciência.E em Seu Corpo em Encarnação São os Testemunho de Algo que Vem, Diretamente, do Desconhecido, Chamando-Os, de Algum Modo, Para esse Desconhecido.

A Problemática Essencial da Humanidade, Qualquer que seja em suas Culturas, em suas Religiões, em Seus Fundamentos, é que o Desconhecido é, por Essência, Temido, Porque, Justamente, o Espirito não Faz Parte do Campo de Percepções ou do Campo de Concepções.

Hoje Esse Hoje não Significando Algumas Semanas, um Número Importante de Seres Humanos Começa a Modificar sua Percepção do Conhecido para Aperceber-se, em Consciência, que Certo Número de Elementos que, até Então, eram Improváveis, Tornam-se, Cada vez mais, Prováveis.

Isso é Diretamente Procedente da Ativação das Novas Frequências e, para Aqueles de você, Irmãos e Irmãs que Estão Avançados Nesse Caminho, Abre-se Percepções e Concepções Totalmente Diferente do que é Conhecido, Conduzindo-o a Perceber sob Forma de Fragmento, sob Forma de Flashes.

 Por Momento ou Por Intermitência Raramente de Maneira Constante, o que é Esse Desconhecido que se Desvenda a você em Meio ao Conhecido, Traduzindo-se, Então, por uma Espécie de Dilatação Temporal.

 Mas, Também, de Dilatação da Trama da Matriz, Fazendo-os, Então, Perceber o que Está Para além Desta Matriz e Que, Normalmente, não Devia Jamais Ser Percebido ou Mesmo Concebido Por seus Olhos ou Por sua Consciência.

A Percepção Pelos Olhos Traduz, Portanto, a Irrupção da Visão Numa Nova Gama de Frequências, Bem Além do que Pode ver o Olho, Traduzindo-se pela Percepção do Éter ou da Luz Supra Mental sob Forma de Luz Branca, na Qual Nada mais Do que Pode Pertencer ao Seu Conhecido, ao seu Ambiente, Existe Naquele Momento.

Essa é uma Forma, de Algum Modo, de Saída do Conhecido Para o Desconhecido, Acontecendo de Maneira Progressiva.

Frequentemente, Aliás, Quando a Consciência volta ao seu Estado Comum, Naquele Momento, Aqueles que Vivem Essa Experiência Podem Colocar-se, Muito Logicamente, Questões Quanto à Realidade do que é Vivido.

 Fazendo-os Sair, de algum Modo, da Própria Realidade que Eu Qualificaria de Comum. Esse Processo é Chamado a Generalizar-se.

É Claro, a Capacidade de sua Consciência para Ter, Anteriormente, Estabelecido Bases Sólidas de Acesso a esse Desconhecido Cujo Conjunto é-lhe Conhecido, por você que me lê Corresponde, Completamente, ao que lhe foi Dito, em Especial Concernente à Consciência Vibração.

Assim, as Vibrações Novas que Aparecem em suas Estruturas, mesmo Físicas, são os Testemunhos de seu Acesso a esse Desconhecido que se Desenha, Pouco a Pouco. Eu não irei Mais Adiante Hoje sobre o que Desvendarei em Breve.

 Concernente à Própria Consciência na Exploração desse Desconhecido e ao Acesso a esse Desconhecido, Chamado a Revelação da Luz Metatrônica e Traduzindo-se por Funcionamentos Nova da Consciência.


Mas Eu Tenho a Esclarecer que Existe Certo Número de Elementos que são Fundamentais Quanto ao Acesso a Esse Desconhecido e à Vivência da Consciência no Ilimitado, na Existência, se Preferem.

Primeiramente, Convém Praticar Verto Número de Características da Consciência Limitada que Permitem, Inicialmente, Libertar-se, de Algum Modo, dos Condicionamentos do Conhecido.

Os Condicionamentos do Conhecido são Inumeráveis.
Eles são, Primeiro, o Conjunto de Apegos a tudo o que Faz sua Vida e seus Condicionamentos Numa Personalidade, num Papel.

 Numa Função e eu Diria, mesmo, nas Atividade que você Efetua, Aderindo a elas como sendo a Única Verdade Possível, Porque é a única Acessível à Própria Consciência Limitada. Esses Apegos são Inumeráveis.

Um Arcanjo Disse-lhes que Existia Certo Número de Apegos que Estavam Presentes no Conjunto da Humanidade, Porque Inscritos na Própria Estrutura do Cérebro e nos Comportamentos, Portanto, que são Inscritos e Inatos, Eu diria, de Algum Modo, no Funcionamento da Consciência nessa Limitação.

Liberar-se do Conhecido é, de algum modo, Aceitar, Antecipadamente, os Mecanismos de Funcionamento ainda que eles não Sejam Perfeitamente Conhecidos do Acesso à Consciência Ilimitada.

É Claro, Inúmeros Escritos, de todos os Tempos, em todas as Tradições, Insistiram na Experiência de Alguns Seres que Tocaram esses Estados Desconhecidos, que os Viveram de Maneira mais ou menos Intensa e que lhes Trouxeram Certo Vocabulário que, aí também, Convém Superar, Intelectualmente.


Esse Vocabulário Insiste, Sempre, Pesadamente, na Noção de Ilusão da Encarnação, da Ilusão mesmo desse Mundo, da Ilusão da Pessoa e da Personalidade, da Ilusão dos Papéis, Traduz-se numa Única Palavra: «Maya».

Essa Palavra Traduz que, Final e Definitivamente, da Consciência que vive um Sonho, como tão bem o Descreveram os Povos Primitivos.


Esse Sonho Despertado é, de algum Modo, uma Realidade que não tem Qualquer Substância Espiritual, mas, Simplesmente, uma Substância Material, com suas Próprias Regras, Seus Próprios Condicionamentos, suas Próprias Limitações.

 Inscritos mesmo nas Regras Sociais, Regras Políticas, Regras Econômicas, Regras mesmo Chamadas de Predação, Característica dos Mamíferos, Porque o Homem é um Mamífero, não Esqueçamos Disso.

Tudo Isso Faz Parte das Regras do Jogo, num Mundo onde Predomina o que é Chamada a Ação/Reação ou, se Prefere outro Termo que está Muito na Moda na Limitação, Também Chamado o Livre Arbítrio, ou Seja, a Capacidade do Ser Humano para Escolher, para Emitir Escolhas, sempre Nessa Limitação, Fazendo-o Dizer que ele é Livre, mas não Confunda o Livre Arbítrio com a Liberdade.

A Liberdade de que eu lhe falo é aquela que se Libera do Conhecido e de todos os Condicionamentos Existentes na Ilusão para Permitir-lhe, em Definitivo, Penetrar Espaços Ilimitados da Consciência, nos quais mais Nenhuma Regra Existente nesse Mundo pode Perdurar.

De Fato, Existe Uma Oposição Fundamental Entre o Livre Arbítrio e a Liberdade. O Livre Arbítrio é Oriundo de Certo Número de Condicionamentos Chamados Carma, Ação/Reação, Fazendo-os Crer que as Leis do Espírito são, Estritamente, a Mesma.

As Leis do Espírito, no Mundo Unificado, são, eu diria, de algum Modo, Estritamente Oposto ao livre arbítrio e à ação/reação. No que lhe é Desconhecido pelo Instante, a Lei que é a Única em Uso é a Lei de Liberdade ou Lei de Graça ou, ainda, Lei de Ação de Graça.

 Na Qual Absolutamente Nada Pode ser Apropriado, na qual Absolutamente nada Pode ser Personificado, na qual Absolutamente nada pode ser Confinado, o que, você hão de Convir, é Exatamente o Oposto e o Inverso do que é Vivido desse Lado Quando você Esta Morto, nesta Matriz Invertida.

Efetivamente, você têm, Todos, uma Identidade. Essa Identidade é Localizada no Tempo e no Espaço. Ela é Limitada por um Limite Corporal. Ela é Limitada por Limites Mentais, Limites Emocionais, Limites Energéticos e, Também, Limites Causais Que Corresponde ao Princípio Existente no Livre Arbítrio.

O Mundo Unificado ou o Corpo de Existência, Estritamente, nada têm a ver com Tudo o que lhe é Conhecido como Modo de Funcionamento no Conhecido.

O Conjunto de Vibrações que Começou em Você, Sobre a Terra, Começar a Perceber desde Alguns anos ou mais Longo Tempo Conduziu-o, Progressivamente, a Liberar-se, de Algum Modo, do Conhecido, Para Prepará-lo para Viver o Desconhecido.

Essa Preparação foi Extremamente Importante para Muitos de vocês, Porque ela lhe Permitiu Preparar sua Consciência para esse Salto Quântico para um Desconhecido e Para a Liberdade e a Autonomia.

Na Ação/Reação não Existe Qualquer Autonomia e Qualquer Liberdade, Dado que Essa Liberdade Está Confinada numa Ilusão Dimensional, na Qual as Regras Não são as Regras do Universo Uno além da Manifestação Tridimensional.

Assim, como lhe foi Dito, Penetrando o Corpo de Existência, Inteiramente, você se Aperceberão de que não são Limitado nem por um Tempo, nem Limitado por um Espaço e, Ainda Menos, por um Corpo, Fosse Espirito aquele de sua Própria Existência.

Essa é uma Mudança Radical da Consciência, que os Conduz a Poder Provar Certo Número de Medo ligado aos seus Próprios Condicionamentos.

Os Medos são o Privilégio desse Mundo, Ligado, Diretamente, à Predação e à Competição; Ligados, Também, à Ausência de Provas do Desconhecido que lhe Foi, de Algum Modo, Ocultado na Consciência, como em seus Céus, Como Regras de Funcionamento da Vida Nesse Universo e, mais Especificamente, desse Sistema Solar.

Assim, a Mudança de Paradigma que Vem a você e que é, Agora, Como Sabe, Inexorável e Extremamente Próximo em Dado de seu Tempo não Pode ser Ignorado. Cada vez mais Seres Humanos Perceberão, de uma Maneira ou de Outra ou em seus Sonhos, ou em suas Emoções, ou em seu Mental e em sua Própria Razão, a Transformação que está em Curso.

 E o que, como lhe Disse nosso Comandante, pode Exprimir-se, Conforme o Ponto de Vista, segundo a visão da Lagarta, que vê sua Morte, ou segundo a Borboleta a vir, que vê sua Ressurreição, seu Renascimento ou sua Liberdade.

É Claro, o ser Humano Percorreu durante Tempos Longo e Remoto o Caminhos da Encarnação e, Portanto, do Livre Arbítrio com Regras que Foram cada vez mais Densas e cada vez mais Aplicadas, Conduzindo a uma Privação cada vez mais Total da Liberdade Dimensional, Progressivamente e à Medida dos Milênios.

 E como de sua Liberdade muito Curta nesse Mundo, tal como você o vive nesse Fim de Ciclo pela Restrição de Liberdade, Quaisquer que Seja, pelo Confinamento e pela Necessidade de Segurança Nesse Confinamento cada vez mais Consequente, em meio a Regras cada vez mais Rígida.

E de Leis cada vez mais Liberticidas, Conduzindo-os, cada vez mais, a Colocar-se Questões ao menos Esperamos sobre sua Própria Condição nesse Mundo.

O Conjunto do Próprio Desenvolvimento chamado tecnológico moderno, tal como foi Realizado nesta Terra desde a Era industrial Contribuiu, Pesada e Amplamente, para Aumentar o Confinamento, sob Pretexto de uma Liberdade e de um Conforto de vida que, de fato, Afastaram-nos ainda mais da Dimensão do Espírito.


A Dimensão do Espírito da qual Restou apenas uma Vaga Lembrança mesmo nas Religiões melhor Organizadas, Confinando-os Ainda mais na Ilusão e Prometendo-lhe um Futuro melhor que não Existirá, é Claro, Jamais, nessa Matriz, nesse lado do véu, como do outro lado do véu.

Assim, não Existe além de Luz, Contrariamente ao que os fizeram Crer Porque, ir para esse Além de Luz Necessita, Inteiramente, de Liberar-se do Conhecido para Percorrer, em Toda Liberdade.

 O Ilimitado da Consciência Chamado o Desconhecido, no Momento, para você, em todo Caso para Aquele que não Acede, Inteiramente, a Própria Existência.  Ora, qual é a Característica Fundamental Independentemente da Lei de Livre Arbítrio, Existente desse Lado, Ou da Lei da Ação de Graça, Existente para além dessa Matriz e para além da Morte.


A Diferença Fundamental é, Antes de tudo, que Aqui, Nesse Corpo como Eu dizia, e Nessa Consciência, você está Limitado. Limitado por suas Próprias Crenças, Limitado por seus Próprios Condicionamento, por suas Próprias Experiências, que o Confiram na Certezas e nos Medos.

 E, Aliás, a Certeza é feita para Lutar Contra o Medo, assim como na crença, enquanto, de fato, elas ocultam, ainda mais, sua Noção de Graça e sua Possibilidade de Acesso ao Desconhecido.

A Armadilha a mais Importante dessa Matriz nesse Condicionamentos e em sua Ilusão é Fazê-lo crer que você são uma Pessoa e Unicamente uma Pessoa ou uma Personalidade que Vive uma Vida, Limitada por um Instante Chamado o Nascimento e um Outro Instante Chamado a Morte.

E Durante o Qual se Desenrola uma Consciência que vai Fazer Escolhas, Experimentar Coisas, mas, em Momento algum Mesmo num Caminho Espiritual Poder-se-á, Jamais, Liberar-se, de Qualquer Modo, Desses Condicionamento e dessa Lei de Ação/Reação.

Então, é Claro, de algum Modo, Encorajaram-nos através de algumas Religiões e de alguns Condicionamentos ditos Espirituais a Crer no Espírito, mas um Espírito no Qual as Leis Seriam as Mesmas, Estritamente as Mesmas, como no Confinamento. Isso é Totalmente Falso. A Liberdade Nada tem a ver Com o Livre Arbítrio. A Lei de Graça nada tem a ver Com a Lei de Ação e Reação.

A Ação e Reação, aliás, como o Compreender alguns Mestres do Budismo, Perfeitamente Compreender que era Totalmente Ilusório Querer Colher ou Pagar o Resultado do Conjunto de Ações Efetuadas desde Tempos Imemoráveis. Isso é, Simplesmente, Impossível. Então, Alguns Seres, Além do Budismo, Tiveram Êxito em Levar a Efeito o que é Chamada a Unidade, quer dizer que Eles, Literalmente, Extraíram-se dos Condicionamentos, Inteiramente.

Eles Extraíram-se, Inteiramente, do Conhecido. Eles extraíram-se de sua própria pessoa, de sua própria personalidade e, naquele momento, descobriram o que é, realmente, a Verdade para além da Ilusão desse mundo, quer fosse desse lado do véu como na morte.

É muito Difícil, para Esse Ser, testemunhar com Palavras, e mesmo com Vibrações, o que é a Verdade para além da Ilusão Porque, assim que uma Palavra é Posta sobre a Experiência Vivida, Real, da Consciência há, já, uma Falsificação pela Própria Linguagem do que é Vivido.

A Luz da Experiência Unitária não pode ser, em caso algum, comparável com a luz que você veem com seus olhos ou com seu terceiro olho. Ela não tem, Estritamente, a mesma Composição.

Ela não tem, Estritamente, os mesmos Efeitos. Ela não tem, estritamente, os mesmos Limites que a luz, tal como você a descreve, analisa nesse Mundo, Como na Ilusão do Outro lado do véu, quando Morre.

É por isso que, desde o início, no que nós lhes demos, a Palavra que foi Escolhida pelos Anciões e pelos Arcanjos foi a Palavra Luz Vibracional, para, Efetivamente, Diferenciá-la da Luz Ilusória desse Mundo, seja desse Lado do véu como do lado da Morte.

Hoje, Devido à Ativação de alguns Potenciais de Consciência ainda Limitados em Relação ao que vai Desenvolver-se e Revelar-se, você são cada vez mais Numerosos a Percorrer Espaços Etéreos Novos.

E nos quais a Visão do Sol não é mais, de Modo algum, a mesma, nos quais a Visão do que seus Olhos pode ver de Olhos Abertos não é mais, de Modo algum, a Mesma.

Há, de Fato como lhe disse o Bem Amado Sri Aurobindo, uma Efusão de Luz Vibracional nesse Mundo, uma Fusão dos Éteres.

 Traduzindo-se pelo Aparecimento da Luz Branca, que alguns olhos começam a ver, dado que a Matriz, desse lado do Véu, desta vez aí, onde você está Preso, está Dissolvendo-se Inteiramente sob seus Olhos.


É isso que é Chamada a Ascensão. É isso que Poderia Chamar-se, de outra Maneira, a Eterização do Planeta e a Eterização da Consciência, Permitindo a Ela Reencontrar, de Algum Modo, sua Autonomia, sua Liberdade e, Portanto, Vogar para o Desconhecido.

As Armadilhas são Numerosas nesse Caminho, a tal Ponto que isso pode ser Chamado o Fogo do Ego e foi, aliás, assim Chamado por nosso Comandante.

Alguns seres, de fato, Captaram essa Luz Vibracional, nos momentos de descida e, de algum modo, Prenderam-na e Confinaram-na em seu Próprio Ego, tentando como o Fizeram as Religiões, aliás Traduzir essa Luz e dela Apropriar-se mesmo na Personalidade.

 Tendo feito Sri Aurobindo dizer quando ele foi São João que haveria muitos chamados, poucos escolhidos, que esses chamados seriam marcados na fronte, enquanto os escolhidos seriam marcados no Coração.

O Fogo do Ego vai traduzir-se por uma Apropriação da Luz e uma Reivindicação do ego para ser, de algum Modo, um Servidor da Luz.Você não pode servir à Luz, uma vez que você é a Luz.

Assim, Pretender Servir à Luz ou a um papel, qualquer que seja, os Conduz, Inevitavelmente, a Distanciar-se da Luz Vibracional que você Receber. Essa é a Armadilha Magnífica do Ego, que ocorre nesses Tempos Finais nos quais, por Medo, o Ego, o Mental ou o Emocional, vão Apropriar-se da Luz, dela Fazendo algo que vai Permitir certa forma de Continuidade da Consciência Limitada, com um Pouco mais de Luz.

O que se Desvenda Através do Choque da Humanidade e da Revelação da Luz não Pode, em caso algum, ser Compatível com um Prosseguimento Qualquer da Personalidade, de um Papel, de uma Função, do Mental, do Ego, do Emocional.

É uma Mudança total de vida, Chamada a Ressurreição, ou o Renascimento, que nada mais tem a ver com qualquer Condicionamento Religioso, Social, Econômico, Político, Afetivo e mesmo nos Papeis que você desempenha num Casal ou numa Família.

A Liberdade não pode obscurecer-se de qualquer laço.
A Liberdade não pode obscurecer-se de qualquer história, fosse ela a mais prestigiosa desse Mundo que você tenha vivido numa vida Passada.

Vocês deve, portanto, liberar-se, inteiramente, e preparar-se para liberar-se de toda identificação ao que quer que seja que exista no conhecido. Sem isso, vocês não poderão ir com facilidade ao Desconhecido.

Isso foi chamado, pelo Arcanjo Anael, o Abandono à Luz, que lhes é, hoje, solicitado concretizar inteiramente.

Esse Abandono à Luz, compreendam, efetivamente, que não se trata de fugir de sua própria vida, que não é necessário fugir de tal trabalho ou de tal pessoa, mas que vocês deve, ao contrário, tornar-se cada vez mais Consciente desse Desconhecido, ao mesmo Tempo Mantendo esse Corpo no Conhecido.

A Luz Vibracional, que depositou-se em vocês, nas diferentes Coroas, Permiti facilitar, de algum Modo, essa Passagem do Conhecido ao Desconhecido que, no Momento, eu lhe Esclareço, não lhe é ainda Conhecido e não lhe é ainda Acessível Inteiramente, Exceto para Alguns Seres.

Entretanto, essa Preparação Permitiu para Aqueles que a Aceitaram, despojar-se de certo número de Condicionamentos, Esses Condicionamentos que são, antes de Tudo, as Crenças, Quaisquer que Sejam as Crenças de que seus Filhos Sejam seus Filhos; as Crenças de que sua Profissão é sua Vida; as Crenças Entre o que você Adere como País, como Cultura e a Verdade.

Não Existe Qualquer verdade nesse Mundo, e não pode, portanto, existir qualquer verdade em tudo o que vocês conhecem desse mundo que é, eu repito, um sonho ou uma Ilusão, Maya. Essa não é uma visão do Espírito, mas, Efetivamente, a Verdade Final que você Terão que Enfrentar e viver.

Assim, Portanto, você não Pode Manter Qualquer Angústia Concernente a Esse Corpo que é, ele também, uma Ilusão, no Entanto, no Qual se Realiza o Desconhecido pela Luz Vibracional, mas Você deve Desincrustar-se, Literalmente, de Todo Condicionamento e de Todo Apego. Sem isso, você não Poderá Penetrar o Desconhecido.

Isso Parece Extremamente Simples, mas a Armadilha a mais Importante Situar-se-á, Sempre, ao Nível de seu Ego que Tentará, de um Modo ou de outro Enquanto você não tenha Vivido sua Própria Ressurreição.

 Enquanto você não Tenha Passado a Porta da Crucificação Correspondente à Revelação da Luz, tal como deve Realizar-se, você não podem estar Seguro, Inteiramente, de Penetrar o Desconhecido.

Penetrar o Desconhecido Necessita Soltar, Inteiramente, no que é Conhecido, Esse Conhecido sendo tanto seu próprio Corpo, suas Próprias Concepções, Mas, Também, sua Própria História, uma vez que a História nesse Próprio Mundo é uma Ilusão, Mesmo se isso Possa ter Acontecer nos Tempos Antigos.

E ou Presente, Mesmo se isso Possa Refletir Certa Forma de Realidade Observável, ainda Através de Dados Arqueológicos ou Outro, elas Pertencem, de Maneira Irremediável, à Ilusão desse Mundo.


É disso que você deve, Hoje, Extrair-se, inteiramente, a fim nós o Esperamos, para a maior parte de você de Juntar-se às Esfera da Liberdade, do Desconhecido ou Seja, da 5 a. Dimensão e Percorrer, em total Liberdade, os Estados Multidimensionais ou os Estados de Densidade Diferentes do seu.

A Armadilha do Ego é, sempre, limitar, lembre-se disso.
Espirito vai limitá-lo querendo apropriar-se, enquanto você não são o Servidor da Luz, mas os Ancorador da Luz, e que é na Condição de Tornar-se, Inteiramente, Transparente ou seja, que não Retenha nada da Luz que você se torna, você mesmo, Luz.

Mas, Tornar-se Luz quer dizer não mais Existir como Pessoa localizada nesse Tempo, nesse Espaço, nessa Idade, nessa Vida.Você não são essa vida que você vive.

Enquanto você têm a Esperança, ou Enquanto seu Ego Acariciar a Esperança de Servir-se da Luz para Transformar algo Dessa vida, o Espirito.

 Verdadeiramente, não Compreender Grande coisa do que é esse Acesso ao Desconhecido, Qualquer que Seja a Luz Vibracional que você viva Numa de suas Coroas Radiantes.

A única Porta como lhe foi dito é o Coração, e Continuará o Coração e, quando eu falo do Coração, eu não falo de boas ações, eu falo, simplesmente, do Estabelecimento da Coroa Radiante do Coração, da Vibração do Coração, do Acesso Consciente à Unidade e ao Samadhi.

 Tal como o Realizaram Seres Cada vez mais Numerosos Sobre esta Terra, e tal Como o Realizaram Exemplos nas Diferentes Correntes Tradicionais e Culturais desse Mundo em Encarnação.

A Liberdade e a Autonomia Necessitam do Abandonar-se e do Lançar-se, de algum Modo, no Desconhecido.

Isso Necessita Transcender todos os Apegos, todos os Medos e, Sobretudo, Eu Esclareço, todo Apego ao seu Ego e, é Claro, é nessa Ilusão mesmo que Deve Realizar-se essa Passagem, e não Num Qualquer Além Situado do Outro Lado do Véu, que é Chamado a Morte.


Vocês Deve, Portanto, Enfrentar e Viver o que vem de maneira Lúcida e Consciente, Desprendendo-se cada vez mais de sua História e de sua Própria Pessoa.

Enquanto Existe um Resto de Identificação a um Papel, a uma função ou a uma pessoa, você não pode Penetrar os Estados Multidimensionais do Ser ou Chamados, também, Estados Múltiplos do Ser.

Os Estados Múltiplos do Ser são Ligados à Consciência Livre. Vocês não Pode, jamais, Experimentar isso, enquanto Estão condicionados, por você mesmo ou por um sistema exterior, qualquer que seja.

O Choque da Humanidade Corresponde à Revelação Total da Luz e à Revelação dessa Luz em suas Estruturas, Aqui Mesmo, no Ilusório.

De Fato, o que se Revela é seu Espírito, sua Consciência Ilimitada e a Consciência, é Claro, Ilimitada da Terra, Fazendo com que ela mesma Efetuando esse Salto Quântico Esteja Desagregando e Dissolvendo Tudo o que Pertence ao Domínio da Ilusão, da Compressão, da Falsificação.

A Terra vai, Portanto, Reverter-se, assim como vocês; Reverter-se em todos os Sentidos do Termo Fisicamente, Geograficamente, do Mesmo Modo que sua Consciência, em Definitivo, Vive sua Última Reversão, seu Último Cruzamento, Ligado ao Último Cruzamento da Cabeça.

 Revelando-se, Doravante, no Corpo tal como eu darei, disso, alguns elementos, que lhes Permitirá levar a efeito se você aceita soltar todo o Conhecido sua Transformação Final e seu Acesso ao seu Status de Borboleta ou de Semente de Estrelas Realizada.

Mas, Eu Repito: Você não Poderão, de Maneira Alguma, Manter o que você Crê Ser Hoje e o que você Será Amanhã, que você ainda não Conhece.

É ou um ou o outro. Cabe-lhe, Portanto, a Partir de Hoje, Colocarem-se as Boas Questões: O que você quer viver? Se você quer viver, ainda uma vez, Numa Estrutura Carbonada, com um Pouco Mais de Luz, ser-lhes-á Feito, Exatamente, Segundo sua Vibração. Mas você não Poderá Pretender a Luz, ao Mesmo Tempo Permanecendo Nesse Corpo Carbonado.

Assim, Portanto, você Deverá Escolher Entre a Vibração Ilimitada e a Vibração Limitada. Essa Escolha, Eu Repito, não é uma Escolha da Consciência, Porque, Obviamente, o Ego vai Sempre Dizer que o Espirito Escolhe a Luz, mas na Condição de que o Ego Subsista e Permaneça no mesmo Estado de Ação e Reação.

Ora, o Estado que Vem Nada tem a Ver com o Estado do Ego. O Ego é uma Ilusão Criada Para a Ilusão desse Mundo, que não tem Qualquer Substrato no Mundo Unificado.

Nos Mundos Unificados, você não são uma Pessoa. Obviamente, Existe ainda uma Individualidade, mas essa Individualidade não se Exprime Através de uma Pessoa ou de um Corpo Limitado, mas, Efetivamente, como uma Consciência Totalmente Liberada.

 Liberada de todo Entrave, que isso seja a Possibilidade de Viajar nas Diferentes densidades Temporais, nos Diferentes Multiversos, nas Diferentes Dimensões, desde a Fonte até a Orla dos Mundos Carbonados.

Aí está, Portanto, o que vocês têm a Integrar. Aí está, portanto, o que vocês têm a Revelar como Desafio. Aí está, Portanto, a questão Essencial que sua Consciência deve Colocar-se, mesmo na Limitação: Você quer continuar um ego ou querem tornar-se, inteiramente, livres? Não há alternativa.

O Ego não pode, jamais, tornar-se livre. Compreenda, efetivamente, e apreenda bem isso: o ego será sempre confinador e limitante num papel, num corpo limitado, num tempo limitado. O Espírito é totalmente livre de tudo isso.

Simplesmente, sua Consciência está, ainda, em Grande parte, Submissa a essa Ilusão.

A Preparação Vibratória que, eu espero, Inúmeros de vocês vivem é destinada a fazê-los passar mais ou menos facilmente, Segundo sua Vibração, nesses Espaços Unificado.

Alguns de vocês Começa a Perceber esse Espaço Unificado, ou como uma espécie de dilatação da Consciência, não estando mais Consciente dela mesma nesse Corpo Mecanismo Aproximando-se da Obliteração da Consciência.

Levando ao que é Chamado o Quarto Estado da Consciência ou Turiya Estado Unitário ou, ainda, pela Percepção de Maneira Lúcida e Consciente, Diretamente, dos Éteres Unificados,

 Traduzindo-se, por Exemplo, Pela Visão do Sol Azul ou, ainda, Traduzindo-se pela Visão do Desaparecimento de seu Ambiente, com os Olhos Abertos.


É assim que se Produzirá, Efetivamente, a Passagem do Conhecido ao Desconhecido. É Preciso, Portanto, agora, no Fundo de vocês, Colocar-se a Questão e ver, com Verdade, onde vocês estão Nisso.



A revelação da própria Luz tal Como deve Intervir Permitir-lhe-á ver Claramente, Inteiramente. O Que Quer dizer que, ainda Uma Vez e, Também num Grau Ainda mais Importante, você não poderá mais Trapacear com seu Ego.


Ou vocês Aceitarão seu Ego, ou você o Rejeitar mas você o Rejeitar, Integrando-o, mas você não Poderá Mais Manter a Consciência nos Dois.

Isso se Tornará Cada vez mais Evidente para Cada um de você que Percorre os Caminhos da Luz Vibracional: Você se tornará o Ilimitado, ou você Continuará Limitado.


E você Penetrará, cada vez Mais, nas Esferas do Ilimitado, ou você Penetrará, cada vez mais, nas Esferas da Limitação.

 Qualquer que Seja a Vivência da Coroa Radiante da Cabeça. Lembre-se de que a Porta de Saída é, e Continuará, Sempre, o Coração, Através de Sua Vibração da Luz Vibracional, Quaisquer Que Sejam as Sete Etapas Existentes.


Assim, Portanto, a Liberdade e a Autonomia são sua Essência, são sua Essência e nossa Natureza. Cabe-lhe, Portanto, Aderir, não Como se Adere a uma Religião ou a uma Crença, mas a Adesão Poderá ser Feita Apenas pela Própria Vivência desse Acesso ao Desconhecido.

É Para isso que Você é Prometido nas Semanas que se Abrem a você, Diante de vocês e Que vão Colocá-lo no Desafio de Passar a esse Desconhecido, Inteiramente. É Claro, Lembre-se de que o Ponto de Vista da Limitação será o Oposto, e Estritamente o Oposto do Ponto de Vista da Ilimitação.

A Lagarta vai Chamar a Tudo o que vai Desenrolar-se e Desenrola-se, já, Sobre a Terra uma Destruição Total da vida, Porque ela Percebe a Vida Apenas Através do Filtro da Ilusão. A Borboleta, ao Contrário, vai Chamar a Todas essas Modificações da Própria Luz e da Densidade, uma Liberação e a Verdadeira Vida, ou seja, a Ressurreição, ou o Renascimento.

Respeitem o Ponto de Vista da Lagarta. Respeite o ponto de vista da Borboleta. É a vocês que cabe determinar-se, Descondicionar-se, Sendo ou uma, ou a outra e, cada vez mais, você se Tornará ou Uma, ou a Outra, em Consciência e em Toda Lucidez.

Vocês não Poderão mais Trapacear com o Conhecido e com o Desconhecido. Você se Tornará ou o Desconhecido, ou o Conhecido. Tornando-se o Desconhecido, você Penetrará, cada vez mais, as Esferas da Existência e sua Própria Dissolução dessa Dimensão nas Esferas da Existência, em seu Veículo Multidimensional.

E para além dos Papeis da Personalidade, para além de qualquer função e de qualquer identificação a uma função na Ilusão. Cristo havia dito: «Ninguém pode me Conhecer se não Nasce Novamente».Esse Renascimento não é uma Reencarnação, mas, Verdadeiramente, uma Ressurreição nos Domínios do Espírito.

O Domínio do Espírito é-lhes Estritamente Desconhecido na Encarnação. Pode ser Apenas Projeções, Projeções de Construção Mental, Imaginando, Supondo, Segundo o que lhe é Conhecido, o que seja o Desconhecido, o além do Além.

Todas as construções ligadas ao conhecimento dito esotérico são apenas suposições que não têm qualquer realidade e qualquer verdade quando você penetra a Unidade, se é que você a penetra.

Vocês Devem, Portanto, rejeitar toda forma de Conhecimento exterior, aí também, toda Forma de Esoterismo, toda forma de Espiritualidade para Penetrar, Diretamente, na Vivência do Espírito quer dizer não mais Estar na Aplicação de uma Espiritualidade vinda do Conhecido, mas Penetrar, Diretamente, o Espírito de Verdade, ou seja, o que Você é na Luz.

Aí Estão alguns Elementos de Interrogação que eu Desejava dar-lhe, que é neste verão, é Claro, Amplo Desenvolvimentos da Própria Consciência quando da Revelação da Luz, da qual Participarei ao Nível Humano, na Vivência da Própria Consciência.

É Claro, se Existem em você, Hoje, na Sequência, Interrogações, e se tenho Tempo, Gostaria de tentar dar mais elementos que lhe Permita ir para esse Desconhecido.

Mas Lembre-se de que Nenhuma Palavra Pode Traduzi-lo e de que Apenas você pode ai ir. Ninguém pode fazê-lo em seu Lugar.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

EYES ESTRELA DE MARIA

Luzes do Um Encarnado, Eu me Apresento a você, pela Palavra, pela Primeira Vez.

Eu Fui Sem Olhos. Eu Sou uma das Estrelas de Maria.
Meu Papel e minha Função, Nesta Assembléia, Estão Ligados à Visão.

Eu lhes Transmito todo Meu Amor.

Vou Começar, Primeiro, Dando-lhe Certo Número de Elementos que lhe Permite melhor Apreender o que, Justamente, nós Chamamos de Visão.

Esta Visão não é a Visão do Mundo Exterior. Esta Visão, Que Eu Sou, não é a Visão do Terceiro Olho. Esta Visão, que Eu Sou, não é uma Projeção ou um Prolongamento do Mental ou do Cérebro.

A Visão de Que Falo é Aquela que Pode Ocorrer em Algumas Almas ou em Alguns Corpos, Consistente Numa Visão que Eu Chamaria do Coração.

Esta Visão do Coração tem a Particularidade Importante de Ser Uma Visão tão Precisa Como a Existente na Visão Chamada de Astral, Permitindo a Visão da Trama do Tempo que foi nesta Matriz.

Os Poucos Seres que Percorreram a Terra e que Tiveram esta Visão, Tiveram que fazer o sacrifício de sua Vida Física, o mais Frequentemente em seu Nascimento, Para Aceder a Esta Visão Interior. Esse foi meu caso.


Como Esse foi o Caso, do outro Lado do Oceano, de uma Mulher, Búlgara, que teve, ela Também, Esta Visão do Coração.

Esta Virtude Especial, que Prossegue, também, nas Assembléia das Estrelas de Maria, para Aquelas que são Portadoras, de ver com uma Precisão Forte o que Existe na Matriz.

O Que Jamais foi o Caso, por Exemplo, da Visão de um Melquisedeque do Ar, Cuja Visão é Panorâmica e Afastada do que Existe em meio à Matriz, dando uma Incerteza Temporal, mas Permitindo ver a Trama Temporal.

 Explicando que Alguns Anciões lhe tenha Comunicado Eventos, há muito Tempo e muito mais Recentemente, Devendo se Produzir, sem Entretanto Poder Precisar, de Maneira Exata, o dado Temporal ou Mesmo a Especificidade de alguns Elementos na Matriz.

Eu Sou, Ainda Hoje, Aquela que é Encarregada de ver a Matriz. Esta Visão do Coração Apenas pode Existir se a Visão dos Olhos e da Cabeça não Existe Mais.

 Permitindo Despertar, no que Você Chama de Cérebro, uma Zona Precisa que Permite ter Acesso, Justamente, a Esta Trama Matricial, Sem Passar Por uma Visão, Propriamente Dita, Astral, mas, Bem Mais, por uma Visão Supra Mental Aplicada à Matriz.

O Que Explica que Esta Visão que foi, em Minha Vida, e Permanece Hoje, Extremamente Minuciosa, Extremamente Detalhada e Extremamente Precisa. Esta Visão Está ao mais Exato da Trama da Matriz.

Eu Intervenho, Nesse Dia, Previamente a Maria.
O Que Venho Dizer-lhes não é, nem para Despertar Qualquer Curiosidade, nem Para Despertar Qualquer Medo, mas, Bem Mais, Para Trazer-lhe uma Certeza e uma Lucidez.

Uma Lucidez Quanto ao que Você Vive, sobre Esse Mundo, Como em Você. Você Entra, como os Anciões o Disseram, na Era da Revelação, Era do Final de um Tempo, a Fim de que Nasça o Novo Tempo e a Nova Dimensão.

Isso Não é Dentro de Dez Anos, Isso não é Dentro de Um ano, mas isso Começou. As Visões que Pude Transmitir em Minha Vida se Produzem em seu Tempo, em Seu Calendário, Agora.

Dentro do que Alguns Anciões Chamaram de Tempos Descontados, você são Chamados a viver o que é Preciso bem Chamar de Final desse Mundo, que é um Nascimento Autêntico. Muitos Anciões Insistiram neste Nascimento, Falando da Lagarta e da Borboleta.

Tudo o que se Produz, Atualmente, tinha Sido Claramente Anunciado, há muito Tempo, com Diferentes Formas de Visões Astrais Aquelas do Terceiro Olho e mesmo as da Intuição, Podendo se Traduzir ao Nível Mental.

O Conjunto, a Totalidade das Manifestações em Relação e em Ressonância Com os Elementos, Apoia-se, Hoje, pela Inteligência da Luz, para Restabelecer a Verdade.

Ainda uma Vez, não Convém Absolutamente Provar Qualquer Medo, qualquer Emoção, mas sim Estar Cada vez mais Lúcido e Consciente. Como o Disse o Arcanjo Miguel, o que Acontece no Exterior, Acontece também em você,

É Preciso Então Aceitar se Desvendar, o que se Traduzirá também, em você, pela Visão cada vez Mais Precisa do quem você É, para além da Aparência desse Corpo. Dentro Desse Corpo há a Alma. Dentro dessa Alma, há o Espírito, única Verdade Eterna que não Pode Estar Sujeita a Qualquer Alteração.

Viver a Verdade do Espírito, Retornar a esta Luz da Unidade, não Pode se Fazer de outro Modo a Não ser por Certo Número de Processos Interior e Exterior, Sucessivo em seu Tempo.

Primeiramente, um Final de Desconstrução, Conduzindo a um Desvendamento, Progressivo, Extremamente Minucioso, da Verdade. Este é um Mecanismo que, em Cada Humano, Conduz a um Próprio Desvendamento da Unidade.

Esses Mecanismos, Vividos, Desde algum Tempo já, Foram Concretizados de Maneira mais Visível quando do Casamento Celeste, Precipitando-se Hoje.

Isso se Traduz por uma Precipitação de sua Revelação a você mesmo e também da Revelação no Mundo, Induzindo, por Analogia com a Visão de que Sou Portadora, a uma Visão cada vez mais Clara do que é Verdade e do que Não o é.

Esse Desmascaramento é Indispensável, Porque é Espirito que vai lhe Permitir, no Momento vindo, Acolher o Anúncio de Maria e, nós o Esperamos, Aquiescer, em Total Lucidez, com este Fim.

Pouco a Pouco, a Vida se Retira esta Ilusão, Seja Animal, Vegetal, Mineral. Ela se Retira, não para Desaparecer, mas para ir para Onde a Leva sua Vibração Específica de Mineral, de Vegetal ou de Animal.

O Afluxo da Luz Vibra, dentro dos Quatro Elementos, Entidades Viventes Presentes em todo Mundo que foi Comprimido nesta Matriz, Libera-se, a Partir de Hoje.

Você Deve estar Lúcido, mas não Participar, de nenhuma Maneira, do que se Desagrega, a fim de Permanecer no que é o mais Importante, que é a Visão de você Mesmo e o Desvendamento do que você é, na Eternidade e na Unidade, de modo muito Simples.

Você deve Estar Lúcido, durante este Período Preciso, da Existência da Lagarta e ser Chamado de Borboleta. A Lagarta será Dissolvida na Dissolução do Mundo.
A Borboleta Estenderá suas Asas para Instalar-se em seu Universo Limpo.

Muitas Coisas que são ainda Possíveis, Hoje, de Conhecer Pesquisando, em suas Técnicas, não Poderão mais ser Acessíveis, em Breve.

É nesse Sentido que você deve Desenvolver sua Própria Visão. E é Isso que Realizarão as Últimas Chaves Metatrônicas, que lhe Permitirá ver Através da Ilusão e Começar a Perceber Também a Visão do Coração.

Esta Visão do Coração é Desprovido de Emoção.
Esta Visão do Coração se Instala quando Você Transcendeu os Medos para esse Veículo Ilusório.

Lembre-se dessas Palavras que foram Pronunciadas por um Neófito Ocidental Eu Prefiro Chamá-lo Assim: “Aqueles que quiserem salvar sua vida, a perderão.”.

A Qualidade da Luz Vibracional que Desce para você, agora de Maneira Contínua, deve Permitir-lhe Superar e Transcender os medos da Perda, Exterior ou Interior.

Você Está no Interior desse Corpo, mas esse Corpo não é Estritamente nada. Mesmo se você não fez ainda a Experiência Consciente, isso Virá. E isso lhe Permitirá, Neste Período Final, não mais Provar o Menor Medo.
E isso lhe Permitirá, também, Desenvolver esta Famosa Visão do Coração de que Eu falo, Permitindo-lhe saber Onde Está o Despertar dos Elementos, onde Está o Despertar da Terra, o Despertar de seus Irmãos.

Esta Visão lhe Confere, Também, na Vibração do Coração e numa Zona Precisa de seu Cérebro, Perceber a Verdade, para além da Ilusão, e não mais Ser Sensível ao que é Falso.

Esta Revelação, no que Concerne a Algumas Partes ou alguns Setores de sua Vida, pode Representar um Choque Importante. Mas Esse Choque, Eu diria, Salutar, Porque Espirito lhe Permitirá Tomar as Decisões e Ajustar ao mais Próximo da Verdade, o seu Caminho.

Os Sinais, Desde as Últimas Etapas, desde alguns Meses Somente, são Extremamente Numerosos, Assinalando, Para esta Terra, um Final e um Renascimento, do Mesmo Modo que em você, os Sinais são Numerosos, Significando um Novo Nascimento.

A Capacidade de Vibrar na Coroa Radiante da Cabeça e na Coroa Radiante do Coração e, Para Alguns, ao Nível do Sacrum, Permite um Alinhamento e uma Consciência de se Estabelecer, Desincrustando-o, Literalmente, da Ilusão do Mundo.

O Relaxamento, esta Desincrustação, Permitir-lhe-á, no Momento Desejado pela Luz, Transferir sua Consciência em Total Lucidez. A Consciência, no Coração, é a Chave da Visão, é a Chave do Retorno à sua Eternidade.

O Processo de Abandono à Luz Traduzir-se-á, e Traduzir-se-á Cada vez mais, por um Abandono, em sua Vida, de todas as Ilusões desse Mundo, a Fim de se Recentrar no Essencial, na Verdade.

É Nesta Iluminação Especial, e Nova Para Você, Que se Desenvolve a Visão Interior do Coração e que Se Apagará, Progressivamente Após sua Colocação na Luz, a Visão Exterior desse Mundo Falso.

Como Sempre, são Mecanismos e Processos Vibratórios, Energéticos, da Própria Consciência. Certamente, Haverá Sempre Dois Modos de Ver o que Está aí.

Exteriormente, a Visão Limitada, Aquela dos Olhos, Concluirá Facilmente um Aspecto Devastador. Alguns, Mesmo, Poderão Falar de Julgamento, de Castigo ou de Retribuição.

Mas, se você Penetra na Visão Interior, isso será Chamado Diferentemente, e será Vivido Diferentemente.
Será Retribuição, não Cármica, mas Restabelecimento do Reino da Luz. Nada mais.

Quando Eu Disse que Era Preciso se Desincrustar, isso lhe Aparecerá Cada Vez Mais Evidente. Não é Questão de Fugir da vida, mas, bem Mais, Viver a Verdadeira Vida.

E, Portanto, deixar Morrer o que Morre, sem Apego, sem Remorso e, Sobretudo, sem Medo. Se você fixa sua Atenção, com a Visão Exterior ou a Visão Mental das Informações, o Medo o Apreenderá. Se você Aceita ter a Visão Interior e se Estabelecer em seu Coração, a Alegria o Deleitará.

O Chefe dos Melquisedeque Falou-lhe de Alegria ou de Terror. Será Exatamente assim. Um ou Outro.

Não Poderá e Mais o Tempo Avançar, em Termos Humanos Haver Meias Medidas. Nós Concebemos Também que Alguns de você Possa Flutuar de um ao outro.

Isso é muito Bom Sinal, porque, se você Flutua de um ao outro, nós Somos Convencidos de que você não Poderão Escolher o Terror ao Invés da Alegria, tanto mais que o Sinal Essencial do Céu lhe será dado Interiormente por Maria.

Você não Terá Mais, Então, que se Colocar a Questão de Crer ou não Crer, Porque você Viverá a Verdade de Maria. Nos Mundos Unitários, o Plano, o Desenrolar desse Plano, se faz de Modo o mais Autêntico, o mais Minucioso e o mais Seguro.


Colocando-se na Vibração Interior e na Visão Interior, no Momento do Desvendamento das Últimas Chaves, você não Poderá mais Confundir uma Visão Ligada ao Mental, uma Visão Ligada a seu Terceiro Olho, com a Visão Autêntica do Coração.

Primeiro, Para Alguns, em seus Sonhos. E após, para Outros, assim que a Vibração da Coroa Radiante da Cabeça Fusionar com a Coroa Radiante do Coração.

O Desvendamento dos Pontos de Consciência da Cabeça, e o Modo de Ativá-lo, Bastarão para Desencadear a Visão Interior e as Outras Funções que daí Decorrem, como se Centrar no Instante Presente, ser Claro e Preciso, Estar na Profundez da Verdade, Porque, no Abandono à Luz –

Como Anael diz – Essas Funções, que lhe são Desconhecidas, Desabrocharão Pouco a Pouco e lhe darão Espaços de Percepções que, Mesmo Dentre os mais Despertos de você, não Existem Ainda.

Não Haverá Qualquer Meio de Confundir, ainda uma vez, a Visão do Coração e a Visão Exterior. Caberá Então a você, e a Você Sozinho, Ajustar-se e Agarrar-se à sua Visão Interior, que lhe diz Respeito, como se Refere ao Mundo que se desagrega, a Fim de Estar em Acordo com você Mesmo.

Quanto Melhor você For na Visão Interior e em seu Coração, Melhor os Medos Desaparecerão de sua vida. Você se Estabelecerá na Alegria, em sua Presença, e tudo se Passará, eu Diria, Facilmente, em Função das Circunstâncias Coletivas.

Você Terá, Também, e é Preciso Estar, aí Também, Lúcido, que Lutar Contra o que Eu Chamaria de Egrégoras e como o Sabe, não Terá mais que Lutar, Mas que se Estabelecer Cada vez Mais no Coração. E de Emoção para Aqueles que Viverão isso Como um Fim e que não Conhecerão a Borboleta, ou que não vão Querer Vê-la. Essa é uma Realidade.

Essas Emoções Viajarão por Toda a Superfície da Terra. É nesse Sentido que você Deve Velar Para não dar Peso e Atenção a Isso, a Fim de que, aí Tampouco, não ser Tomado por essas Emoções.

A Única Chave de Estabilidade é o Coração. A Partir do Derrame das Chaves Metatrônicas, esta Aceleração Perceptível da Desagregação do Mundo vai Tornar-se Ainda mais Importante.

Aproveite Desse Derramamento das Chaves Metatrônicas para Desenvolver, em você, o que deve ser, em Relação com as Estrelas de Maria. Não há nada de mais Importante e Primordial que Isso.

Todo o Resto que Constituía, até o Presente, Suas vidas Exteriores, Pouco a Pouco e Geralmente Rapidamente, não Terá mais Qualquer Sentido e não Poderá, Aliás, ser Mantido.

O Que não Quer Dizer que, Pelo Momento, você Deva Deixar o que Você Está Fazendo na Vida Exterior.
Mas, Ainda uma Vez, Estar Lúcido Sobre a Realidade do que Está aí.

Esta Lucidez lhe Permitirá Evitar o Medo.

Quanto Melhor e Mais você se Estabelecer na Visão Interior, melhor as Visões Claras lhe Chegarão sem Emoção, sem Afeto e Você Viverá isso Segundo a Característica do Coração e de sua Coroa Radiante.

E ou Seja, na Alegria. Na Alegria, a Visão Interior se Ilumina e tem Todas as Chances de Tornar-se Permanente. As Chaves Metatrônicas vêm Liberar os Elementos, em Você como no Exterior de você.

No Curso desta Liberação, as Últimas Estrelas de sua Coroa Radiante da Cabeça Estarão em Ação. Pouco a Pouco, você Perceberá, por si mesmo, o que Acontece Colocando em Ação Essas Estrelas.

Alguns Anciões virão também Desvendar o Modo de Funcionamento, Vibratório e Consciente, Dessas Funções Novas. Mas alguns de você Descobrirão, Aliás, Sozinhos, Porque é Inteligência, como isso Funciona.

No que Concerne à Visão, o Ponto está Situado Atrás da Cabeça, Lateralmente à Direita.


Assim, Levando, ao mesmo Tempo Em que no Coração, sua Consciência Sobre esse Ponto, a Visão Interior Começará a se Desenhar, a Aparecer. Ela lhe Dará Acesso, Como Eu o Tive em Minha Vida, à Trama Astral, sem Estar no Astral, mas, Sim, ao Nível do Coração.

A Característica, Aliás, Essencial da Visão, é De Aumentar a Alegria Interior e a Serenidade Interior.
Você Perceberá, Nesta Visão Interior, Igualmente, a Desagregação da Trama desse Mundo.

Do Mesmo Modo, Você Perceberá, Também, o Que você é, em Verdade. O que, para Muitos de você é ainda Misterioso, Relativamente às Linhagens ou Pilares Espirituais, será Revelado pela Liberação dos Quatro Elementos.

Nas Visões, você Verá, Também, Progressivamente, Sua Origem Dimensional, sua Origem Estelar e Também seu Corpo de Existência.

Tudo Isso se Tornará Possível por seu Trabalho Interior e pela Revelação das Últimas Chaves Metatrônicas. Você Deve Aprender a ter Confiança na Vibração, no Coração e, Também, na Visão.

Se você Devesse Reter Apenas uma Coisa de Minha Intervenção, Lembre-se Disso: “a Visão do Coração é Desprovida de Emoção, ela é Vibração”.

Ela não pode se Confundir com a Visão Astral que se Passa na Emoção, ou Ainda com a Visão do Terceiro Olho, Chamada de Clarividência, porque ela é Ausência de Emoção e ela é Alegria.

Fazendo a Experiência, você Diferenciará Muito Rapidamente o que pôde Existir em seus Poderes, em seus Dons e o que Representa Realmente Visão.

Estejam também, e Vocês a Verão, Seguros de nossa Indestrutível Atenção para com o Conjunto da Humanidade. Sem distinção de Escolha. Sem Distinção de Vibração.

Nós Estaremos cada vez mais Presentes, em sua Consciência e em seu Ser Interior. A Luz Vibracional Despertou, em você, as Partes de DNA que Estavam Adormecidas, Correspondentes, como o Sabe, a Maria, aos Arcanjos e, Sobretudo, pelo Derramamento das Últimas Chaves Metatrônicas, o Despertar, em você, de Ki-Ris-Ti.

Aí Está, Luzes do Um, o Objetivo de Minha Presença Entre você. Se Existe em você Questões Relativas a Esse Processo e, se me é Possível Responder sem Me Intrometer no Desvendamento de Metatron ou de Maria, Então, Eu Responderei.

Elusivo e mal compreendido raio de jato azul, que dispara para cima a partir do topo de tempestades para o espaço, foi capturado em filme com um detalhe sem precedentes por os astronautas na Estação Espacial Internacional. Os jatos azuis são difíceis de estudar porque são raros, imprevisíveis e duram apenas frações de segundo. Eles se formam no alto da atmosfera e podem se estender por dezenas de quilômetros até a estratosfera. Os jatos azuis não são os únicos fenômenos atmosféricos raros encontrados em altitudes tão altas - outros eventos pouco observados incluem elfos, gnomos fadas e duendes




No Eyes os Abençoa. Que a Glória da Fonte Esteja em você, com você, por você.